Arthur's Day - 23rd September 2010

Depois de ter chorado de arrependimento por nao ter comprado o ingresso para Arthur’s day para ver o Snow Patrol por 10 euros, pois como boa brasileira deixei para a ultima hora e não encontrei ingresso, mas ganhei um convite da minha super amiga Helo para ir no Pygmalion.
Hoje choveu o dia inteiro, parece que sempre que tem algum evento na cidade o clima nao colabora, rss. Cheguei em cima da hora no Pub, deu para curtir tudo, a contagem regressiva para o brinde, e os shows das bandas…
Infelizmente nao tenho muitas fotos eu levei a maquina mas esqueci o cartao de memoria, tirei foto do celular, que raiva, amo tirar fotos de tudo, mas de resto foi muito bom, gostei muito das bandas, e a guinness, claro, sempre muito boa.

video



Berlin 4º dia - A volta

Dormi super mal, acordei as 8 para ir para o aeroporto, como já não era novidade e estávamos cansados, nenhuma palavra no caminho, metro, bus e la estávamos nos no aeroporto, tomamos um café da manha eu experimentei aquele Pretzel, acho que não comeria novamente rss, fizemos check-in ate ai normal, mas o cara da imigração implicou comigo,isso porque eu estava saindo do pais e não chegando, depois de muita conversa e mostrar ate o ticket de quando eu cheguei, porque a mulher do guiche de quando cheguei não carimbou meu passaporte, lesada, esse foi o problema, mas quando penso que esta tudo resolvdo, o avião atrasa um pouco mais de uma hora, entrei no avião e capotei de novo, acordei pensando que já estava em Dublin e o avião ainda nem tinha decolado, mais uma hora ali parado, olha que eu nem tenho medo mais de voar, mas parecia um teco-teco, veio sacudindo o caminho inteiro, quando estávamos perto o tempo piorou, serio mesmo estava com medo, mas felizmente chegamos bem e com uma chuva daquelas, afinal, se não chover não e Dublin. 

Berlin 3º dia - Museus

Brigando com o sono, levantei as 10 horas, hoje era dia de visitar os museus, e la vou eu em mais um dia sozinha, Dave dormindo, novidade!
Estava ficando craque no mapa arrisquei um caminho mais curto e cai direto na Ilha dos Museus (Museumsinsel), a primeira parada foi no Berliner Dom, não consegui entrar, na frente estava o Altes Museum  depois Alte Nationalgalerie, onde fiquei cara a cara com obras dos pintores mais conhecidos do mundo inteiro como Edouard Manet, Claude Monet, entre outros, a perfeiçao dos quadros e impressionante, confesso que senti uma emoção, ja que estudei dois anos de Historia da Arte, sempre vi nos livros, nem imagina ver ao vivo, claro que tirei umas fotos disfarçadamente rss, do lado estava o Neues Museum, pirei com as coisas sobre o Egito, tinha também descobertas sobre o homens das cavernas, fotografei tudo, e resolvi que minha próxima grande compra será uma camera profissional, quero tirar mais fotos do mundo, rss, na ilha ainda tinha Museu Pergamon, Lustgarten, Museu Bode.
Passei em uma lojinha e comprei a camiseta pra mim e um imã que meu boss pediu, achei um pouco caro os souvenirs por aqui, bem pertinho tinha o museu  DDR, (Museu da República Democrática da Alemanha), sinceramente não e muito interessante,em 15 minutos se vê tudo.
Bom, ja era quase 4 hr a fome bateu, achei uma lanchonete que tudo era de frutos do mar, comi um sanduíche de peixe, estava bom, bem leve, mas não matou a fome, Recebi msg do Dave perguntando onde eu estava, achei melhor voltar para o hotel e pegar ele, mas antes eu passei no AquaDom, mas achei que não valia a pena, perguntei pelo Madame Tussauds, era bem longinho, fui para o hotel mesmo.
Quando cheguei o Dave estava todo empolgado para sair, e mas eu já tinha conhecido os principais lugares. Saímos logo, passei no china e fui comendo no caminho, ele tirava foto de tudo, pra adiantar pegamos um bus (aqui os cachorros sao bem vindos no transporte coletivo, isso mesmo e nem precisa pegar no colo mesmo porque nem da, era um labrador), vimos um bar móvel, muito engraçado, enquanto você pedala vai bebendo, o ultimo rapaz de camiseta branca já nem aguentava subir no bar, andamos, andamos andamos tudo repetido pra mim, vimos um acidente, quem era? o cara de camiseta branca do bar móvel, levou um tombo estava com a cabeça enfaixada, isso que da beber e dirigir rsss.
Paramos em um restaurante maravilhoso, eu nem estava com tanta fome, mas aquilo era comida de verdade, então pedimos um prato delicioso com um vinho tinto, e uma sobremesa pra fechar com chave de ouro.
Voltamos para o hotel, eu mole de cansaço e de gripe por causa da chuva do dia anterior, eu fiquei dormindo dessa vez e o Dave foi pra Matrix novamente. 

Berlin 2º dia - A cidade

 *** 2º dia ***
Acordei morta de cansada as 9:00, já que tinha ido dormir as 6 da manha, o Dave desmaiado pra variar preferiu ficar dormindo, na recepção pedi um mapa, eu ja tinha em mente os lugares que eu queria visitar, então foi mais fácil, perguntei pelo lugar e a mulher me mostrou no mapa circulando.
Já que não era tão longe, fui andando mesmo, quando comecei a sair do bairro parei de ver tanto turco na minha frente rss, nada contra, mas eu queria ver nativos,eu tinha pego dicas no site mochileiros, que por sinal e muito bom, fui ate a estação Koschstrasse, onde vi milhares de turistas (exagero meu), la tinha o museu Checkpoint Charlie, um antigo símbolo da Guerra Fria. Nessa hora passou aqueles bus de turismo (20 Euros) resolvi pegar para conhecer melhor a cidade em menos tempo, passei em lugares que tenho certeza que eu não ia conhecer andando, pois Berlin e enorme. Desci em uma feirinha 17.Juni - Flohmarkt, parecia ser só de antiguidades, mas tinha de tudo, babei nos casacos de inverno, vi um pessoal comendo aquelas salsichas coisa típica aqui, resolvi experimentar Currywurst, ate que e bom !!
Mal terminei de comer e vi o bus passando, corri para pegar, desci em Kurfürstendamm, uma das principais avenidas de comercio. Essa 'e a Igreja Kaiser-Wilhelm-Gedächtniskirche que esta parcialmente destruída, e um mega shopping KaDeWe, no final dessa avenida. Desci no Brandenburger Tor, depois fui andando ate Gendarmenmarkt, uma praça com duas catedrais iguais e um teatro no meio.Começou a chover e já era 5 da tarde, fui almoçar comida japonesa, tem muitos restaurantes japa aqui. Deixei a Ilhas dos Museus para amanha.Voltei para o hotel para descansar, o Dave tava la, não tinha feito nada (que desperdício), fiz uma horinha e saímos para comer, eu fui de china box, ele de Currywurst, estava desanimada para sair, mas pensei dormir pra que? Fomos no Fritz Club, estava tudo otimo, musica, bebida, pessoas bonitas, fomos embora as 6 pra variar.

Berlin 1º dia - A chegada

***1º dia ***
A minha viagem a Berlin foi inesquecivel, assim como todas, cada vez uma experiência nova e emocionante.
A expectativa era tão grande que mal conseguia dormir, só de imaginar em perder a hora, já me dava arrepios, bom, la estava eu as 7:00 da manha no aeroporto (horário de Dublin, 3:00 horário de São Paulo) esperando o David chegar.
Estava com tanto sono que mal entrei no avião e capotei, só acordei em Berlin, o primeiro desafio foi sair do aeroporto, olhar no mapa e tentar decifrar se era mais fácil bus ou metro, mas pegamos os dois e acabou sendo fácil, o meu GPS ajudou a encontrar o hotel.
Eu já logo queria bater perna e conhecer tudo, o Dave foi procurar um Irish Pub pra assistir o jogo, e eu comecei a andar pelo bairro sem destino, na frente do hotel tinha uma igreja muito bonita e pelo bairro só tinha turco quase, eu mal ouvi o alemão, achei meio estranho a primeira vista, passei no supermercado, passei na feirinha, bom já estava escurecendo então resolvi voltar pra o hotel, quando cheguei la o Dave estava capotado, nao era por menos, ele tinha saído na noite anterior e nao tinha dormido, ai aproveitei para tomar um banho e tirar um cochilo.
Acordei com a maior empolgaçao para sair e conhecer a tão famosa noite de Berlin, comecei a olhar nos cards que eu peguei na recepção do hotel, achei o nome interessante Matrix, e pra la que nos vamos...
A balada e muito boa mesmo, começa a ficar melhor ainda depois da meia noite ( lembrando que Berlin as baladas terminam as 7 da manha) e la estava eu me acabando de dançar, ai veio uma menina e disse que era de uma agência de modelos e tal e que tinha me achado muito bonita, falei que eu nao era de Berlin ela disse que nao tinha problema e acabei tirando umas fotos, dependendo do resultado eu teria que voltar no final do mês, e olha que eles vão ate pagar a passagem se necessário, mas eu já  nao tenho mais idade pra essas coisas, pois nao tenho mais 14 anos para ser descoberta como modelo hahahah, e para nao perder o costume, Mc'Donalds na volta para o hotel.

Dicas para um planejamento de viagem

Para uma boa viagem  preciso um bom planejamento, o google ajuda muito, por exemplo, o que fazer em tal lugar em tantos dias, procure por pontos turísticos, o que mais você gosta de fazer, museus, casa de shows, vida noturna.
A partir dai procure o hostel mais próximo para não perder tempo e nem ter que pegar bus para conhecer os lugares, tem vários sites para isso, uma outra ideia e colocar no google map o endereço do hostel e ver o que tem de interessante ao redor.
No aeroporto tem aqueles guiches de informaçoes turísticas, pegue todos os folhetos disponives, sempre tem descontos, no hotel tambem pegue um mapa, eles normalmente tem.
Peça informaçoes sempre, não tenha vergonha, no máximo que você pode ouvir 'è "Sorry, I don't speak English" ou " Sorry, I don't know".